Home - Outros Destaques - Petição pública pretende “salvar Açude da Ribeira” e retirar a estrutura já instalada no âmbito da requalificação do espaço

Petição pública pretende “salvar Açude da Ribeira” e retirar a estrutura já instalada no âmbito da requalificação do espaço

Um movimento de munícipes do concelho de Oliveira do Hospital lançou ontem uma petição pública para travar a empreitada de requalificação do Açude da Ribeira no Rio Seia, em Ervedal da Beira, que consideram “como um atentado paisagístico. O grupo designado por movimento “Vamos Salvar o Açude da Ribeira”, e que conta com figuras de todos os quadrantes políticos, incluindo o PS que governa a autarquia, tem já com o apoio de cerca de uma centena de elementos.

“Os subscritores, por considerarem que a estrutura em edificação por cima da envolvente do Açude da Ribeira, no rio Seia, atenta contra o património paisagístico e natural, pondo em causa também a fauna e a flora daquela zona, requerem que aquela estrutura seja retirada e que toda a zona envolvente do Açude da Ribeira seja recuperada e requalificada tendo, sempre em presente que todo aquele património é uno e, assim deve ser preservado”, pode ler-se na petição dirigida ao Presidente da República, Presidente da Assembleia da República, Presidente da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital e Presidente do Município de Oliveira do Hospital.

A empreitada de requalificação da do Açude da Ribeira está envolta em polémica não só pelo impacto que terá na paisagem, mas também pelas consecutivas derrapagens dos prazos. O auto de consignação da empreitada foi assinado no dia 8 de Novembro entre o Município de Oliveira do Hospital e a empresa Pavisteel, Lda, e previa um prazo de 120 dias para a conclusão da obra. Mas passados mais de oito meses sobre a data limite a obra, orçada em mais de 400 mil euros, continua por concluir.

O link para a petição é o seguinte: Vamos Salvar o Açude da Ribeira : Petição Pública (peticaopublica.com)

LEIA TAMBÉM

Funcionárias da FAAD que ontem sofreram acidente rodoviário em Oliveira do Hospital já estão em casa

As duas funcionárias da Fundação Aurélio Amaro Diniz (FAAD) que ontem à tarde se despistaram …

Duas mulheres feridas em despiste, seguido de capotamento, na Zona Industrial de Oliveira do Hospital

Um despiste, seguido de capotamento, na Zona Industrial de Oliveira do Hospital, causou dois feridos …