Home - Últimas - PGR abre novo inquérito a alegada utilização de entulho de cemitério na reconstrução de casa destruída em Seia pelos incêndios

PGR abre novo inquérito a alegada utilização de entulho de cemitério na reconstrução de casa destruída em Seia pelos incêndios

A Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu mais inquéritos à reconstrução de casas afectadas pelos fogos. Manteivias foi a empresa que mais obras recebeu da CCDR do Centro após os incêndios do Pinhal Interior. Alegadamente, sublinha, nem sempre imóveis de primeira habitação e nem sempre utilizando materiais de qualidade.

A notícia é avançada pelo semanário Novo que dá conta que um dos casos mais polémicos envolve uma alegada utilização de entulho proveniente de um cemitério em casas recuperadas pela Manteivias, na localidade de Casal de Travancinha, concelho de Seia. A empresa nega.

Pelo menos cinco dos casos, segundo aquele semanário, que foram denunciados na sua grande reportagem publicada naquele periódico a 8 de Outubro estão em investigação. No centro das contestações populares, refere, estarão ainda muitas situações por esclarecer.

São centenas de casas, continua o semanário, por reconstruir e orçamentos superinflacionados por empreiteiros locais, alegadamente, favorecidos pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), entidade até 2019 dirigida por Ana Abrunhosa, a ainda ministra da Coesão Territorial.

LEIA TAMBÉM

Rui Rio escolheu Gustavo Duarte como cabeça de lista pelo distrito da Guarda e Mónica Quintela por Coimbra

O ex-presidente da CM de Vila Nova de Foz Côa Gustavo Duarte vai ser o …

Arganil aposta em orçamento superior a 24 milhões de euros para 2022 e devolve IRS aos munícipes

O orçamento municipal de Arganil para 2022, no valor de aproximadamente 24 milhões e 400 …