Home - Sociedade - PJ deteve pedreiro que abusou sexualmente de doente mental
Polícia Judiciária faz detenções por violação, assalto e tentativa de homicídio

PJ deteve pedreiro que abusou sexualmente de doente mental

A Polícia Judiciária (PJ), através da Directoria do Centro, deteve um homem, de 62 anos, pedreiro por suspeita da prática de vários crimes de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência, de que foi vítima uma mulher, com 35 anos de idade. Os factos, adianta a PJ, ocorriam desde 2014, mas não revela o local onde se registaram os factos.

O detido aproveitou-se da incapacidade da vítima, que sofre de doença de foro mental, para praticar os abusos, de forma reiterada. O homem ouvido em tribunal ficou proibido de contactos com a vítima e de apresentações periódicas junto das autoridades.

LEIA TAMBÉM

Autárquicas deste ano com menos cerca de 90 mil eleitores que em 2017

O diploma publicado hoje em Diário da República, com dados obtidos através da base central …

Buscas por criança desaparecida concentradas na zona onde foram encontradas pegadas

As buscas pelo menino com dois anos que desapareceu ontem de manhã, em Proença-a-Velha (concelho …