Home - Região - Oliveira do Hospital - Poetizar Alvôco. Autor: Alexandre Relvas.
Anoitecer em Alvôco. Autor: Alexandre Relvas

Poetizar Alvôco. Autor: Alexandre Relvas.

10934433_906694159350509_1747892557_n

Ouve-se o silêncio junto ao rio
Sob o céu do mundo;
A electricidade da alma
Move a liberdade nas águas límpidas

As paixões cantam sobre as águas
E o corpo estende-se entre as pedras
No perfume natural da liberdade;

Cheira-se a felicidade do sol,
Canta-se incessantemente a vida
E o tempo diminui na moldura montanhesa da aldeia.

Afasta-se o caos com o toque da face na água
E explode-se o vulcão da paz dentro da alma.

Os pássaros cantam como se renascesse a vida
E há-de alguém ouvir a sua melodia
Para se apaixonarem nas margens do rio Alvôco.

foto_2054Autor: Alexandre Relvas

LEIA TAMBÉM

Tabaco: o inimigo mortal da saúde cardiovascular. Autor: João Brum Silveira

Todos os anos quase dois milhões de pessoas morrem devido ao tabaco, refere o relatório …

 Milhões de euros em «derrapagens» por Oliveira do Hospital. Autor: Carlos Martelo

Há quem diga que as «derrapagens» em prazos de execução de várias obras municipais pretendem …