Home - Sociedade - Polícia Judiciária apreendeu material de guerra e armas proíbidas
Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

Polícia Judiciária apreendeu material de guerra e armas proíbidas

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, identificou e deteve um homem de 38 anos, na zona da Lousã, por ter na sua posse material de guerra e outras armas proibidas.

“A detenção foi materializada no âmbito de uma investigação que decorria há já algum tempo, tendo sido apreendido na residência do suspeito diverso equipamento militar, designadamente um invólucro de LAW (lança granadas de 90mm.), granadas de calibre 40mm. e munições antiaéreas, bem como outras armas e munições proibidas”, refere a PJ em comunicado enviado ao correiodabeirserra.com

De acordo com aquela fonte, o detido foi presente às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório, tendo ficado sujeito à obrigação de apresentações semanais e à inibição do contacto com armas de fogo.

LEIA TAMBÉM

Sindicato exige soluções para problemas dos trabalhadores da Câmara de Tábua

O Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL) acusou hoje a Câmara de Tábua de …

União Europeia reforça frota de combate a incêndios

A Comissão Europeia anunciou esta hoje o reforço da frota europeia para combate aos incêndios …