Home - Economia - Presidente da ANCOSE está preocupado com a situação de “quase calamidade” que seca está a provocar junto dos pastores

Presidente da ANCOSE está preocupado com a situação de “quase calamidade” que seca está a provocar junto dos pastores

 

Numa altura em que o país passa por um verdadeiro cenário de seca e não se perspetiva a queda de chuva, o presidente da Associação Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela (ANCOSE) dá voz aquilo que são as preocupações sentidas pelos cerca de quatro mil produtores associados.

“Neste momento não há pastos, há só terra. As ervas não rebentam. Devido à geada e à seca, os campos estão negros, sem qualquer vegetação verde”, referiu à agência Lusa, Manuel Marques reportando-se a uma situação que considera “muito preocupante” e a que não escapam os 18 concelhos que integram a região demarcada de produção do queijo da Serra da Estrela.

De acordo com o dirigente, “está a ser quase uma calamidade para os pastores, porque não havendo verdura, alimentar ovelhas no estábulo com ração e feno não é a mesma coisa”.

Manuel Marques também se mostra preocupado com os custos associados àquele tipo de alimentação e que são insuportáveis para muitos produtores.

“A produção leiteira e de fabrico de queijo quase não chega para suportar as despesas de manutenção do efetivo animal”, alerta, falando até de “prejuízos” que começam a ser sentidos por pastores da região, para quem a atividade já não não se afigurava rentável.

À agência Lusa, Manuel Marques disse já ter alertado a ministra da Agricultura, Assunção Cristas, para o problema, tencionando falar pessoalmente com a governante “para ver o que se pode fazer” para ajudar os pastores da região.

Segundo o responsável, há muitos pastores que tencionam abandonar a atividade e os registos provam que o efetivo animal na área demarcada de produção do queijo da Serra da Estrela “está a diminuir” de ano para ano, rondando atualmente as 100 mil ovelhas da raça bordaleira.

LEIA TAMBÉM

Apoio a empresas em ‘lay-off’ pago a pedidos que entraram até dia 10 diz ministra do Trabalho

Os apoios às empresas que pediram adesão ao ‘lay-off’ começam a ser pagos na sexta-feira …

Arrancou em Nelas a construção de fábrica de manufacturação da Cannabis para a indústria farmacéutica

A empresa “ENDOPURE” já iniciou, em Nelas, as obras de construção de um pavilhão industrial …