Home - Destaques - Presidente da Câmara confirma três casos de infecção no concelho de Oliveira do Hospital, mas diz não existir cadeia de contágio local

Presidente da Câmara confirma três casos de infecção no concelho de Oliveira do Hospital, mas diz não existir cadeia de contágio local

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital confirmou hoje que existem mesmo três casos infectados com a COVID-19, uma mulher e dois homens. como avançou a DGS. José Carlos Alexandrino salientou, porém, que não existe ainda nenhuma cadeia de transmissão no concelho, assegurando que todas as infecções vieram de fora. “Não há qualquer cadeia de transmissão no concelho”, enfatizou o autarca.

“O primeiro caso todos sabemos que se trata de uma idosa de um lar de São Paio de Gramaços que estava internada em Coimbra, onde foi infectada. O segundo caso, conhecido na sexta-feira à noite, trata-se de um homem de 62 anos que estava internado em Coimbra onde realizou uma intervenção cirúrgica e acabou infectado. Foi transferido para o hospital dos Covões. O terceiro caso é um homem na casa dos 50 anos que foi infectado por um homem do concelho da Covilhã”, referiu José Carlos Alexandrino.

O autarca salientou ainda que tanto o homem que se encontra no Hospital dos Covões, como o último caso detectado, têm apenas sintomas ligeiros. “Este último caso está em isolamento em casa com sintomas ligeiros, tal como dois familiares que foram as únicas pessoas com quem contactou e a quem já foram realizados testes”, sublinhou o autarca, que diz aguardar com mais ansiedade os testes feitos a três pessoas de lares. “Estamos a fazer um esforço para minimizar os danos”, concluiu.

O autarca recusou-se a revelar a freguesia de residência dos pacientes para evitar causar alarme social. “Só se fosse necessário isolar as freguesias, o que não é o caso. Estas pessoas têm consciência do que estão a passar e a obedecer às indicações da DGS e não há necessidade de criar o pânico”, continuou, frisando que não há nenhuma cadeia de transmissão no concelho. “Por isso, podemos ter alguma tranquilidade e muito cuidado”, rematou.

LEIA TAMBÉM

“Incêndio continua por apagar”

Em comunicado a Maavim volta a lembrar episódio de Outubro de 2017.   “A MAAVIM, …

FC Oliveira do Hospital poderá jogar “na sua casa” em Tábua já a 18 de Setembro

O FC Oliveira do Hospital garante hoje em comunicado que apenas vai realizar, na qualidade …