Home - Outros Destaques - Presidente da MAAVIM garante que movimento nada tem a ver com o registo de marcas e ameaça com acções em tribunal

Presidente da MAAVIM garante que movimento nada tem a ver com o registo de marcas e ameaça com acções em tribunal

O presidente do  Movimento Associativo de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões (MAAVIM) demarcou hoje aquele movimento das notícias que surgiram nos últimos dias que alegadamente associavam a MAAVIM ao registo de marcas requerido por um cidadão do concelho de Tábua. O empresário Fernando Tavares Pereira faz questão de esclarecer que a MAAVIM nada tem a ver com aquele pedido e garante que desencadeará os procedimentos judiciais de natureza civil e criminal que se mostrarem adequados para defender o bom nome daquele movimento que procura ajudar as vítimas dos incêndios de 2017.

“Esclarece-se que a MAAVIM nada tem a ver com o pedido do registo das marcas em causa, e repudia da forma mais veemente as inverdades e calúnias divulgadas por essas publicações, que apenas visam denegrir o bom nome da MAAVIM, do seu Presidente e corpos gerentes. Na verdade, o requerente dos registos [Nuno Tavares Pereira] não é líder ou membro dos corpos sociais do Movimento, sendo apenas por cortesia e de forma graciosa seu porta voz sempre que solicitado para tal”, esclarece a missiva assinada pelo conhecido empresário.

“Se essas entidades, por ignorância ou incúria, não salvaguardaram os seus sinais distintivos junto do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) ao longo por vezes de décadas, o Presidente da MAAVIM é completamente alheio a tal facto, e desencadeará os procedimentos judiciais de natureza civil e criminal que se mostrarem adequados à salvaguarda dos direitos da MAAVIM e dos seus associados”, conclui Fernando Tavares Pereira.

LEIA TAMBÉM

Oliveira do Hospital tem mais dois infectados, seis pessoas em quarentena e IPSS de Galizes em alerta

Uma funcionária da Santa Casa da Misericórdia de Galizes e uma mulher da Bobadela são …

União de Freguesias de Lagos da Beira e Lajeosa assaltada

O edifício da Junta de Freguesia de Lagos da Beira, no concelho de Oliveira do …