Home - Últimas - Presidente da UJF de Cortiço da Serra, Vide Entre Vinhas e Salgueirais acusa CM de Celorico da Beira de “marginalizar” a sua autarquia e “exige respeito”

Presidente da UJF de Cortiço da Serra, Vide Entre Vinhas e Salgueirais acusa CM de Celorico da Beira de “marginalizar” a sua autarquia e “exige respeito”

O presidente União de Juntas de Freguesias de Cortico da Serra, Vide Entre Vinhas e Salgueirais acusa a Câmara Municipal de Celorico da Beira que chegou à presidência nas listas do PSD, Carlos Ascensão, de marginalizar aquela autarquia socialista. António Gomes, em comunicado enviado ao CBS, junta vários ofícios dirigidos aos Paços do Concelho, os quais, assegura, nunca obtiveram resposta. O autarca pede que a população da União de Freguesias a que preside seja “tratada com respeito” pelos responsáveis municipais e que não “exista descriminação em função da cor política”.

“Após termos tido conhecimento de que alguém com responsabilidades políticas no concelho terá dito que as coisas não se faziam na nossa freguesia porque o Presidente de União de Juntas de Freguesias de Cortico da Serra, Vide Entre Vinhas e Salgueirais, nada tinha pedido, não posso deixar de ficar indignado com tamanha mentira. Os ofícios provam que cumprimos o nosso dever, mas nunca obtivemos resposta”, diz.

O autarca vai mais longe e faz notar que está ao ao serviço do povo e pode exibir “uma pasta com mais de 40 pedidos” que ficaram sem resposta. “Mas provam que nunca nos escusámos de solicitar apoio ao município”, escreve. “Os motivos pelos quais nunca se quis cá fazer nada, tem muito a ver com os motivos pelos quais também nunca responderam aos nossos ofícios, ou seja, fomos marginalizados quando em democracia governa quem o povo quer. Nós fomos eleitos pelo nosso povo e devíamos ser tratados com respeito”.

LEIA TAMBÉM

Estádio cheio na Covilhã para o jogo da selecção sub-21 de preparação para o Europeu e de ajuda às vítimas dos incêndios na Serra da Estrela

A Covilhã recebe hoje, pelas 17h00, o jogo de preparação para o Campeonato da Europa …

ASAE apreendeu 100 mil litros de vinho, avaliados em cerca de 64 mil euros, no distrito da Guarda

Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu 100 mil litros de vinho, na sequência …