Home - Últimas - Prisão preventiva para suspeito de agredir ex-namorada com machado
Novo Mapa judiciário entra em vigor segunda-feira, Tribunal de Oliveira do Hospital reduzido Secção de competência genérica e Câmara só discutiu assunto a 24 de Julho

Prisão preventiva para suspeito de agredir ex-namorada com machado

O homem suspeito de ter agredido com um machado a ex-namorada, na madrugada de quinta-feira, na localidade do Teixoso, concelho da Covilhã, vai ficar a aguardar julgamento em prisão preventiva. A informação foi confirmada pelo coordenador da Polícia Judiciária (PJ) da Guarda, José Monteiro, depois de o indivíduo, com 26 anos, ter sido hoje presente a tribunal para primeiro interrogatório e aplicação de medidas de coacção.

Ao início da tarde, a PJ já tinha informado, através de comunicado, que tinha detido, em colaboração com a GNR da Covilhã, o presumível autor de um crime de homicídio qualificado na forma tentada, ocorrido entre as 00h00 e as 0h30, de quinta-feira, e do qual foi vítima uma mulher de 41 anos, ex-companheira do agressor. “Os factos ocorreram num contexto de reiterada violência doméstica e terão sido motivados pela ruptura da relação sentimental existente entre autor e vítima”, referiu a PJ.

De acordo com a informação, a vítima encontrava-se no interior da sua residência, acompanhada por um dos três filhos menores, quando foi surpreendida pelo indivíduo, “o qual, começando por a agredir barbaramente, ao murro e pontapé, acabou por lhe desferir violentíssimas agressões na zona da cabeça, através de um machado que transportava já consigo aquando da chegada a casa da vítima”.

A PJ também explicou que a vítima foi inicialmente transportada para Centro Hospitalar da Cova da Beira, “já em estado de elevada gravidade”, tendo depois sido encaminhada aos Hospitais da Universidade de Coimbra, “onde permanece internada, correndo grave risco de vida”.

“Após a consumação dos factos, o agressor retirou-se da casa da vítima, utilizando a viatura automóvel desta, a qual foi, entretanto, localizada junto à residência dos pais do ora detido, o qual, a partir daí mesmo, solicitou a comparência de elementos da GNR do Teixoso, aos quais se veio a apresentar”.

LEIA TAMBÉM

Acidente mortal no IC3 obrigou ao encerramento do trânsito

Uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas na sequência de uma colisão frontal entre …

Mónica Quintela diz que os deputados eleitos pelo PSD vão “alavancar o distrito de Coimbra”

A cabeça de lista do PSD por Coimbra mostrou-se hoje convicta que o PSD poderá …