Home - Região - Prosseguem as buscas ao corpo de oliveirense que ontem se atirou ao Rio Mondego

Prosseguem as buscas ao corpo de oliveirense que ontem se atirou ao Rio Mondego

 

Decorrem, por esta, altura os trabalhos de busca do corpo do homem que, a meio da tarde de ontem, cerca das 15h30, terá saltado da Ponte da Pedra da Sé, com cerca de 50 metros de altura, no concelho Tábua, para o Rio Mondego.

O alerta foi dado aos Bombeiros Voluntários de Tábua, cerca das 15h50, com pedido de auxílio a um familiar do homem, empresário, que se terá atirado ao rio e que se encontrava junto à ponte no interior de um carro.

“Só quando chegámos ao local é que nos disseram que um corpo estaria a boiar no rio Mondego”, revelou ao correiodabeiraserra.com o comandante do Bombeiros Voluntários de Tábua, contando que ainda foi lançado um barco ao rio para resgatar o homem, mas o corpo acabara por afundar à vista dos bombeiros.

Desde aquela hora várias equipas de mergulhadores dos Voluntários de Penacova e Sapadores de Coimbra têm tentado recuperar o corpo do homem. “Até ao momento ainda não tivemos qualquer êxito”, referiu António Oliveira a este diário digital, contando que, por esta altura, se encontram no local os bombeiros e GNR, equipas de mergulhadores e um binómio cinotécnico.

Dada a profundidade do rio no local onde o corpo afundou – “cerca de 20 metros”, afirmou o comandante dos bombeiros de Tábua – os trabalhos de mergulho terminarão com o cair do dia, sendo retomados amanhã. No local continuarão, porém, bombeiros e elementos da GNR.

LEIA TAMBÉM

MAAVIM vai pedir ao ministro da Agricultura e à líder da CCDR Centro que coloquem lugar à disposição

O Movimento Associativo de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões (MAAVIM) deverá pedir amanhã …

CAULÉ – CAULÉ. Afinal o que é ? Autor: João Cruz

É uma espécie de euromilhões que devia sair por todos os associados mas que não …