Home - Últimas - PS de Celorico da Beira insiste que município pode sair lesado em cerca de um milhão de euros no processo das piscinas

PS de Celorico da Beira insiste que município pode sair lesado em cerca de um milhão de euros no processo das piscinas

O Partido Socialista de Celorico da Beira acusa o presidente da autarquia de chamar os membros daquela força política “de imbecis” quando estes se limitaram num comunicado “a escrever a verdade” sobre o processo que rodeia a recuperação das piscinas municipais. Em nova missiva, os elementos do PS desmentem as afirmações incluídas na reacção do autarca e apresentam aquilo que consideram ser contradições no discurso de Carlos Ascensão. O PS, e o seu vereador José Albano Marques, insiste que será a Câmara a suportar cerca de um milhão de euros se não for encontrado um projecto de financiamento, que neste momento não existe.
.
“O Sr. Presidente da Câmara, com a arrogância e prepotência a que nos tem habituado nestes 3 anos, chama de imbecis ao PS por escreverem a verdade, vemo-nos na condição de explicar que possivelmente por andar muito distraído e ocupado com o que não deve, vai revelando falta de memória, ou então tenta com trocadilhos esconder e enganar com jogo de palavras os Celoricenses”, escrevem os socialistas em comunicado, esclarecendo que na primeira missiva publicada na sua página do facebook apenas pretendiam “demonstrar que sai lesado o Município em quase um milhão de euros por não haver uma única candidatura aprovada para esta obra”.
.
“É verdade ou não que as Obras das Piscinas Municipais estão adjudicadas ao empreiteiro sem que haja uma única candidatura aprovada para ajudar na comparticipação deste projecto? Verdade. Quem tem que pagar esta obra ao empreiteiro se não houver nenhuma candidatura aprovada para o efeito, o que neste momento não existe, tal como afirmou o Sr. Presidente da Câmara na última reunião de Executivo? A Câmara”, escrevem, para demonstrar que não havia qualquer mentira no seu alerta.
.
Os socialistas também não entendem como é que o actual executivo “anda há três anos a dar a desculpa às Juntas e a toda a gente que não há dinheiro”, justificando essa penúria com a necessidade de “pagar dívidas do anterior executivo”, quando, “afinal, há dinheiro para assumir um milhão de euros para as piscinas”. “Mas o imbecil é o Partido Socialista”, ironizam.
.
Aproveitam ainda para relembrar as declarações do autarca em 2018, em que Carlos Ascensão terá dito que o anterior projecto de 260 mil euros co-financiados em 95 por cento será utilizado na substituição da iluminação pública por LED. “Afinal, quando desistimos de algo ou transferimos é porque existia, certo?”, quesionam. “Mas o imbecil é o PS”, troçam.  Os socialistas citam mesmo actas da Assembleia Municipal onde o presidente da autarquia refere que o município não tem um milhão de euros para investir num novo complexo.
.
“Talvez signifique que se tivesse apostado em manter a candidatura à eficiência energética para as piscinas, que o sr, presidente em 2018 declinou, sem loucuras ou milhões, poderiam as piscinas já estarem ao serviço dos celoricenses, certo? Tomou essa decisão “porque não tinham dinheiro”. Então agora já têm? Cabe-lhe apresentar as fontes de financiamento”, rematam.

LEIA TAMBÉM

Semana europeia da mobilidade assinalada com ciclismo nas escolas de Seia

O Município de Seia, a propósito da Semana Europeia da Mobilidade, e operacionalizada pela Associação …

Município de Gouveia assegura transportes escolares durante greve rodoviária

O Município de Gouveia está a assegurar o transporte escolar, devido à greve dos transportes, …