Home - Últimas - PSP multou três pessoas por se recusarem a usar máscara nos transportes

PSP multou três pessoas por se recusarem a usar máscara nos transportes

A PSP multou hoje três pessoas e impediu 320 de seguirem viagem nos transportes públicos por não utilizarem máscara de proteção, que passou a ser obrigatória nesta nova fase de combate à covid-19. O porta-voz da Polícia de Segurança Pública, Nuno Carocha, disse que em todo o país foram levantados três autos a pessoas que “manifestaram a intenção de não cumprir as regras” e de quererem entrar nos transportes públicos sem máscaras ou viseira. Os passageiros dos transportes públicos que desrespeitem o uso obrigatório de máscaras ou viseiras, devido à pandemia da covid-19, incorrem numa coima de entre 120 e 350 euros.

Este cenário aconteceu apesar dos polícias optaram por uma postura de sensibilização, informação e pedagogia, tal como aconteceu durante todo o estado de emergência, entre 19 de março e 2 de maio, devido à pandemia de covid-19. Segundo o mesmo responsável, 320 pessoas foram retiradas ou impedidas de entrar nos transportes públicos porque não utilizavam máscara ou viseira de proteção.

O porta-voz da PSP ressalvou que estes dados são provisórios, uma vez que ainda estão a decorrer as operações, que começaram hoje de manhã em todo o país em estações de metro, comboio, autocarros e fluviais. Nuno Carocha disse ainda que os polícias distribuíram à população, a pessoas que não tinham esta proteção, máscaras e viseiras que tinham sido doadas à PSP por instituições de solidariedade.

LEIA TAMBÉM

Rui Rio escolheu Gustavo Duarte como cabeça de lista pelo distrito da Guarda e Mónica Quintela por Coimbra

O ex-presidente da CM de Vila Nova de Foz Côa Gustavo Duarte vai ser o …

Arganil aposta em orçamento superior a 24 milhões de euros para 2022 e devolve IRS aos munícipes

O orçamento municipal de Arganil para 2022, no valor de aproximadamente 24 milhões e 400 …