Home - Últimas - Seia cria rede logística de retaguarda no combate à COVID-19

Seia cria rede logística de retaguarda no combate à COVID-19

Câmara de Seia criou um centro de acolhimento no pavilhão gimnodesportivo municipal Padre Martinho, em São Romão, com capacidade para 50 camas e equipada com duas salas de isolamento. Esta rede logística de rectaguarda abrange também o pavilhão das Piscinas Municipais, em Seia.

Os dois centros foram criados, segundo a autarquia, para serem usados “numa situação de urgência” no concelho, funcionando como “salvaguarda” para a população mais vulnerável e, em particular, no caso de ser necessário realojar idosos que vivam em lares.

Seia entrou também em contacto com unidades hoteleiras para colaborarem neste processo. E, num primeiro momento foram reservados 10 quartos no Centro Paroquial de Seia, destinados a profissionais de saúde, autoridades ou outros profissionais que voluntariamente prefiram afastar-se das suas famílias para não as colocarem em risco. A esta reserva juntam-se o Hostel do Sabugueiro, o Hostel de Loriga, as instalações da Associação de Artesãos da Serra da Estrela e a Albergaria da Senhora do Espinheiro, para onde poderão ser encaminhados os casos suspeitos provenientes da ADC-Comunidade que estava instalada no Hospital de Seia e que na terça-feira foi transferida para o Centro de Saúde de Gouveia.

LEIA TAMBÉM

Edição de 2021 do Rali de Tábua cancelada devido a calendário sobrecarregado

A edição de 2021 do Rali de Tábua, previsto para 13 e 14 de Novembro, …

Vírus da COVID-19 pode ser sazonal e ter relação com baixas temperaturas

O vírus que provoca a Covid-19 pode ser sazonal e estar relacionado com as baixas …