Home - Região - Seia: Município lançou programa de apoio ao empreendedorismo e apresentou Centro Escolar

Seia: Município lançou programa de apoio ao empreendedorismo e apresentou Centro Escolar

O município senense está agora mais vocacionado para promover o empreendedorismo e apoiar projectos empresariais.

O executivo liderado por Eduardo Brito apresentou, dia 23 de Julho, o seiaempreende com o “grande objectivo de procurar talentos que permitam continuar a renovar o tecido económico e empresarial”.

Na opinião do presidente da câmara, o caminho passa por “apostar nos nossos recursos, numa geração de jovens que podem chegar a empresários.”

Operacionalizado pelo Gabinete de Apoio ao Investimento e Empreendedorismo do Município, o seiaempreende integra um conjunto de iniciativas, das quais se destacam: Gabinete de Apoio ao Investimento e Empreendedorismo, Gabinete de Inserção Profissional, SeiaFINICIA, Prémio Municipal de Inovação e Empreendedorismo, Programa Jovens em Acção, Promoção do empreendedorismo nas escolas, Concurso de Escolas Empreendedoras e organização de seminários e conferências temáticas.

Centro Escolar de Seia está concluído e abre portas no próximo ano lectivo

Em contagem decrescente para abertura do novo espaço educativo, o município senense convidou os professores para, no dia 23 de Julho, conhecerem o Centro Escolar.

Com os trabalhos concluídos e preparado para acolher os alunos já no início do próximo ano lectivo, o Centro Escolar de Seia representa um investimento na ordem dos três milhões de euros.

Com capacidade para 375 alunos, o novo equipamento escolar, projectado pelo arquitecto Miguel Krippahl e executado pela empresa Manuel Rodrigues Gouveia, localiza-se na área adjacente à EB 2, 3 Dr. Guilherme Correia de Carvalho, potenciando o pavilhão gimnodesportivo e piscinas municipais já aí existentes.

O equipamento, aprovado pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), concentrará num único edifício as três escolas do 1º ciclo e o jardim-de-infância existentes em Seia.

De acordo com informação autárquica, a integração de várias escolas no único espaço pretende facilitar a organização de tempos lectivos em horário normal, podendo assim ser alcançado o objectivo estratégico de garantir a “Escola a Tempo Inteiro”, incluído no Programa de Requalificação da Rede Escolar do 1º Ciclo do Ensino e da Educação Pré-escolar.

LEIA TAMBÉM

MAAVIM vai pedir ao ministro da Agricultura e à líder da CCDR Centro que coloquem lugar à disposição

O Movimento Associativo de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões (MAAVIM) deverá pedir amanhã …

CAULÉ – CAULÉ. Afinal o que é ? Autor: João Cruz

É uma espécie de euromilhões que devia sair por todos os associados mas que não …