Home - Sociedade - Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos alerta presidente da Câmara para possibilidade de encerramento do serviço de finanças de Oliveira do Hospital

Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos alerta presidente da Câmara para possibilidade de encerramento do serviço de finanças de Oliveira do Hospital

A direcção nacional do STI acaba de pedir apoio político ao presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH) por forma a prevenir um eventual encerramento do serviço de finanças de Oliveira do Hospital.

De acordo com o que este diário digital apurou junto de uma fonte ligada à CMOH, o STI informou recentemente José Carlos Alexandrino de que existe “o real perigo de a muito curto prazo” aquele serviço poder fechar as portas.

A preocupação daquela estrutura sindical, que representa cerca de 90 por cento dos trabalhadores dos impostos, surge em consequência de um estudo realizado pela Direcção Geral das Contribuições e dos Impostos (DGCI) e que, segundo o STI, aponta nesse sentido.

Para já, revela o sindicato, o quadro do serviço de finanças de Oliveira do Hospital “passará de 19 para 11 funcionários”. Contactado pelo correiodabeiraserra.com, o vice-presidente do STI afirmou ao CBS online que esta “redução drástica” de pessoal poderá ser “um passo para de, uma forma encapotada, se passarem a encerrar serviços”.

Criticando a forma como o Ministério das Finanças tem estado a lidar com este processo, Marcelo Castro refere também que esta situação penaliza sobretudo o interior do país. “Não se pode, de um momento para o outro, abandonar os portugueses à sua sorte”, refere aquele dirigente sindical, sem deixar de frisar que o STI já “contactou 80 presidentes de Câmara do interior do país” para se unirem em defesa da manutenção das repartições de finanças.

Apesar de explicar que o Ministério das Finanças continua a argumentar que a extinção destes serviços “não está em cima da mesa”, Marcelo Castro diz, no entanto, que “é preciso prevenir” antes que “o facto seja consumado”. “Estamos convencidos que a nossa intervenção é preponderante. Já pedimos apoio político ao senhor presidente da Câmara de Oliveira do Hospital e precisamos do apoio do município”, referiu ainda a este diário digital o vice-presidente do STI

LEIA TAMBÉM

GNR deteve traficante de estupefacientes no concelho de Oliveira do Hospital

A GNR deteve ontem um homem de 32 anos por tráfico de estupefacientes e posse …

O Tabuense e Maavim entregam primeiras ajudas à Santa Casa da Misericórdia de Tábua

O jornal “O Tabuense” e o Movimento Associativo Apoio Vítimas Incêndio Midões (Maavim) deram hoje …