Home - Últimas - Socialista Esmeraldo Carvalhinho renunciou ao cargo de vereador em Manteigas depois de perder eleições para o independente Flávio Massano

Socialista Esmeraldo Carvalhinho renunciou ao cargo de vereador em Manteigas depois de perder eleições para o independente Flávio Massano

O anterior presidente da Câmara de Manteigas eleito pelo PS, Esmeraldo Carvalhinho, que foi derrotado nas últimas eleições pelo independente Flávio Massano, renunciou ao cargo de vereador da oposição. O seu lugar foi ocupado por Tomé Branco Lopes que terá como colega Ana Maria Saraiva de Matos. Massano, por seu lado, vai ter como companheiro do seu movimento no executivo Sérgio Paiva Marcelo. O órgão que fica completo com o Social-democrata Nuno Soares.

Na Assembleia Municipal de Manteigas, o “Movimento 2030” foi o mais votado (com 31,17 por cento), elegendo cinco eleitos municipais, os mesmos que o PS, mas não conseguiu manter a liderança da Assembleia Municipal, cargo para o qual foi eleito Joaquim Quaresma Domingos, do Partido Socialista..O PSD tem um grupo de quatro elementos e o Nós Cidadãos um. Neste órgão municipal têm também assento os presidentes de Junta de Freguesia eleitos, ou seja, dois do PSD, um do PS e um do “Manteigas 2030”.

No total, o “Manteigas 2030” tem seis representantes, o PS outros seis, o PSD também seis e o “Nós Cidadãos!” um. Depois da votação uninominal, Joaquim Domingos (primeiro da lista do PS) foi eleito presidente da Mesa, Miguel Ramos (novo presidente da Junta de Freguesia do Sameiro, candidato pelo PSD) para primeiro secretário e Inês Carvalho (segunda da lista do PS) para segunda secretária.

LEIA TAMBÉM

Chuva regressa a partir da tarde de amanhã ao continente

A chuva vai regressar ao continente a partir da tarde de amanhã, prevendo-se também uma …

Pampilhosa da Serra apoia natalidade com subsídios de cinco e dez mil euros

A Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra, aprovou, em reunião de câmara realizada a dia …