Home - Últimas - Têxtil da Guarda extingue postos de trabalho

Têxtil da Guarda extingue postos de trabalho

A administração da Sociedade Têxtil Manuel Rodrigues Tavares avançou com a extinção de 13 postos de trabalho, tendo a rescisão de contrato com os trabalhadores sido feita por mútuo acordo, notícia o jornal Terras da Beira, citando o administrador da empresa, Pedro Tavares. Esta decisão surge como resultado da crise empresarial, devido à pandemia do novo coronavírus.
“A maior parte dos clientes são espanhóis e as empresas estão fechadas”, justificou o empresário ao Terras da Beira, adiantando que a fábrica vai continuar a laborar enquanto for possível. Na Têxtil Manuel Rodrigues Tavares trabalham actualmente 80 trabalhadores, refere aquele jornal.

Muitas empresas no país já optaram por avançar com pedidos para aderirem ao regime de “lay off”, lançado na semana passada. A ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho, disse ontem que o Governo já recebeu 3.600 pedidos de empresas.

LEIA TAMBÉM

Candidato do PSD assegura que conseguiu equilíbrio financeiro da CM de Celorico da Beira e que o concelho está “recuperar o respeito perdido”

O recandidato do PSD à Câmara Municipal de Celorico da Beira assegurou, durante a apresentação …

Um ferido grave em despiste no Carregal do Sal

Um homem, de 25 anos, ficou gravemente ferido após despiste do carro que conduzia em …