Home - Últimas - Trabalhador na construção do troço final da A25 em Vilar Formoso deu negativo para a COVID-19

Trabalhador na construção do troço final da A25 em Vilar Formoso deu negativo para a COVID-19

A empreitada de construção do troço final da A25, entre Vilar Formoso e a fronteira, está a ser executada, apesar da implementação do estado de emergência no País a 22 de Março. A Infraestruturas de Portugal informa ainda que o trabalhador, que ontem apresentou sintomas tendo sido levado pelos serviços de emergência ao Hospital da Guarda onde efectuou o teste de despistagem ao Covid-19, não está infectado.

“O trabalhador está actualmente em repouso e a recuperar”, refere o comunicado, adiantando que no âmbito do plano de contingência, todos dos trabalhadores desta obra encontram-se bem e são todos monitorizados, conforme procedimentos definidos no Plano. Assegura ainda que nenhum trabalhador é oriundo de Felgueiras, uma localidade afectada pelo COVID-19.

No cumprimento das orientações definidas pelo Governo e DGS, explica, todas as entidades envolvidas na realização da obra, definiram e implementaram o seu próprio plano de contingência, com o objectivo de estabelecer a estratégia, os procedimentos e as medidas destinadas a assegurar as condições de segurança e de saúde dos trabalhadores.

E destaca algumas medidas e princípios subjacentes: proteger a saúde dos trabalhadores através da limitação do risco de contaminação, nos locais de trabalho, evitar a realização de trabalhos que envolvam aglomerados de trabalhadores, resguardar os trabalhadores integrados em grupos de risco, promover o distanciamento social preconizado pelas autoridades oficiais; intensificar as medidas de higienização, distribuição de gel desinfetante e de equipamentos de protecção individual por todos os trabalhadores, bem como a definição de procedimentos em casos suspeitos e de vigilância de contactos próximos.

No local da obra, acrescenta foi instalado um refeitório de campanha, garantindo o cumprimento das normas de segurança em vigor, onde dão servidas refeições em turnos de 20 pessoas para serem respeitadas as distancias de segurança, num universo de 100 pessoas. A alimentação é proveniente de restaurantes locais, em serviço de take-away.

 

 

LEIA TAMBÉM

Governo antecipa pagamento 60 milhões em fundos comunitários aos agricultores

O Ministério da Agricultura está a antecipar pagamentos dos fundos comunitários aos agricultores, para os …

Ministério da Agricultura lança programa para apoiar agricultores a escoar produtos locais

O Ministério da Agricultura começou a apoiar os agricultores a escoarem os seus produtos nos …