Home - Últimas - Transdev avança mesmo com suspensão de transportes na (CIM) Viseu Dão Lafões a partir de amanhã devido a dívida superior a um milhão de euros

Transdev avança mesmo com suspensão de transportes na (CIM) Viseu Dão Lafões a partir de amanhã devido a dívida superior a um milhão de euros

A empresa de transportes fez saber, em comunicado, que a suspensão “tem efeitos a partir de amanhã. O vice-presidente da Câmara de Viseu apela ao bom senso da Transdev para não suspender o serviço de transporte nos concelhos que integram a Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões. A empresa reclama uma dívida superior a 1,2 milhões de euros e reafirma que a partir desta sexta-feira não há serviço. “Espero que haja bom senso e que os operadores compreendam e que contribuam para que o território continuem na senda do desenvolvimento. Apelo mesmo a que os operadores continuem o serviços”, disse João Paulo Gouveia.

A CIM Viseu Dão Lafões também já veio lamentar “profundamente” a tomada de posição do Grupo Transdev, no sentido da suspensão dos transportes na região. “Num momento em que pouco falta para a conclusão do extenso, rigoroso e empenhado trabalho que vem sendo desenvolvido pela Comunidade Intermunicipal com vista ao apuramento e correspondente pagamento das compensações por défice de exploração”, refere num extenso comunicado. “Por último, enquanto Autoridade de Transportes do serviço público intermunicipal e municipal que nela se encontra delegado, a CIM Viseu Dão Lafões tem o dever de assegurar as necessidades fundamentais de mobilidade dos cidadãos na sua Região, pelo que serão accionados os meios legalmente previstos para garantir o transporte público na Região caso o operador Transdev opte por não realizar o serviço público de transporte de que é titular de acordo com as autorizações provisórias emitidas por esta CIM Viseu Dão Lafões”, remata a missiva

A Transdev, recorde-se, acusou a Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões de lhe dever mais de um milhão de euros referente aos serviços de transporte prestados no quarto trimestre de 2020 e nos já realizados este ano, mas para o qual ainda não foi formalizado contracto. A empresa de transportes fez saber, em comunicado, que a suspensão “tem efeitos a partir da próxima sexta-feira, 9 de Julho, no intuito de salvaguardar o transporte dos estudantes até ao final do período lectivo e assim lesar o menos possível os passageiros que dependem destes serviços para as deslocações entre casa e a escola. “Apesar do acumular das dívidas e da falta de formalização do contracto, a Transdev assegurou o serviço de transporte de passageiros ao longo de meses, ainda que sem receita para poder pagar salários e todas as despesas inerentes às operações. A empresa vê-se agora forçada a suspender os serviços”, esclarece a direcção que, já esta manhã, disse que a suspensão é para manter.

LEIA TAMBÉM

O regresso da chuva forte e trovoadas

A chuva, por vezes forte e acompanhada de trovoadas, vai voltar a todo o país …

Município de Figueira de Castelo Rodrigo investe 550 mil euros em seguro de saúde renovado e mais abrangente para os munícipes

A CM de Figueira de Castelo Rodrigo renovou e reforçou os serviços do “Seguro de …