Home - Últimas - Um dos operadores da máquina que colidiu com o Alfa é uma das vítimas mortais e é de Mangualde

Um dos operadores da máquina que colidiu com o Alfa é uma das vítimas mortais e é de Mangualde

Uma das vítimas mortais do acidente de ontem com o Alfa Pendular em Soure é de Mangualde. A vítima Carlos Santos, de 56 anos, vivia em Contenças de Cima e era um dos operadores da máquina da Infraestruturas de Portugal que colidiu contra O Alfa Pendular que seguia no sentido Sul-Norte, tendo saído de Santa Apolónia às 14h00 e tinha como destino Braga.

Em Contenças de Cima, localidade onde a vítima residia com a mulher, a consternação é grande, como relatou ao Jornal do Centro o presidente da Junta, Rui Valério. “Uma perda numa situação destas é de lamentar sempre. Como sempre estamos cá para ajudar no que for preciso”, afirmou o Rui Valério.

O mais recente balanço, além das duas vítimas mortais, dava conta de cerca de meia centena de feridos, seis deles em estado grave. O comboio, com 212 passageiros, seguia no sentido sul-norte e o descarrilamento ocorreu após o embate entre o Alfa Pendular e uma máquina de trabalho, tendo o alerta sido dado às 15h30, segundo a Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC).

Uma das vítimas mortais do acidente de ontem com o Alfa Pendular em Soure é de Mangualde. A vítima Carlos Santos, de 56 anos, vivia em Contenças de Cima e era um dos operadores da máquina da Infraestruturas de Portugal que colidiu contra O Alfa Pendular que seguia no sentido Sul-Norte, tendo saído de Santa Apolónia às 14h00 e tinha como destino Braga.

Em Contenças de Cima, localidade onde a vítima residia com a mulher, a consternação é grande, como relatou ao Jornal do Centro o Presidente da Junta, Rui Valério. “Uma perda numa situação destas é de lamentar sempre. Como sempre estamos cá para ajudar no que for preciso”, afirmou o Rui Valério.

O mais recente balanço, além das duas vítimas mortais, dava conta de cerca de meia centena de feridos, seis deles em estado grave. O comboio, com 212 passageiros, seguia no sentido sul-norte e o descarrilamento ocorreu após o embate entre o Alfa Pendular e uma máquina de trabalho, tendo o alerta sido dado às 15h30, segundo a Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC).

LEIA TAMBÉM

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Pessoas idosas retiradas de algumas aldeias de Sernancelhe, Viseu, devido a incêndio

Mais de 300 operacionais combatiam às 18h45 de hoje o incêndio de Sernancelhe, distrito de …

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Incêndio no Sabugal tem três frentes activas, mas não há localidades em risco

O incêndio que deflagrou hoje numa zona de mato em Santo Estêvão e Moita, no …