Home - Opinião - Cartas ao Director - Uma resposta a Carlos Rocha

Ao Ex.mo militante Senhor Carlos Rocha

Uma resposta a Carlos Rocha

Ao ter sido surpreendido com as recentes declarações do militante Carlos Rocha referentes à vida interna do PSD de Oliveira de Hospital, não posso manter-me em silêncio face ao teor dessas afirmações, tanto mais que as mesmas, consubstanciam uma total falta de respeito não só para com os militantes do PSD como também para com o próprio partido.

Em primeiro lugar deve este militante saber que o PSD é um partido basista e interclassista e que tem na sua génese a liberdade de expressão de todos aqueles que nele militam e perfilham dos seus ideais. É por isso lamentável que o militante Carlos Rocha prefira comentar a vida interna do PSD/Oliveira do Hospital na comunicação social e não na sede do partido como seria normal.

Aliás é igualmente lamentável que ao longo dos últimos tempos o militante Carlos Rocha nunca, repito nunca se tenha deslocado à sede do PSD para dialogar, trocar ideias, dar sugestões, mesmo aos militantes que eventualmente pudessem discordar das suas posições. E no passado sempre que o fez, assumia uma postura de sobranceria e crítica em relação àqueles que gratuitamente e por amor à camisola davam o melhor que tinham à vida do nosso partido.

Sabe Senhor militante Carlos Rocha, ninguém pode estender uma mão e logo a seguir bater com a outra e infelizmente tem sido essa a sua conduta para com as estruturas do PSD de Oliveira de Hospital.

É também por isso que provavelmente não tem conseguido criar as sinergias necessárias para fazer de Oliveira do Hospital uma terra de oportunidade e de futuro, preocupando-se V. Exª com o acessório em vez de ir ao essencial e importante. E mesmo em tempos de crise como esta que atravessamos, haveria por certo, tanta coisa importante que podia ter ajudado a realizar e não o fez.

Quer ao nível da criação de infra-estruturas fundamentais para o desenvolvimento sustentado deste concelho e que infelizmente continuam a ir para os concelhos limítrofes;

Quer em termos empresariais, deixando-se o tecido empresarial deste concelho à sorte dos ventos” e de dinâmicas individuais, sem qualquer tipo de acompanhamento por quem de direito.

E sabe porquê Senhor militante Carlos Rocha?

Porque se calhar o Senhor Carlos Rocha perde muito tempo a comentar política nos jornais locais em vez de fazer mais coisas para as gentes locais.

E se não pretende, como disse no seu último comentário, fazer mais qualquer tipo de comentário político no futuro, acho que faz muito bem.

Aplaudo.
Por um lado terá mais tempo para se dedicar aos assuntos da autarquia nestes seus últimos meses de mandato e por outro, poupa-nos a ter que ver os assuntos internos do PSD na praça pública.

Da minha parte fica V. Exª a saber que independentemente da sua possível réplica, não haverá da minha pessoa a correspondente tréplica.

Este assunto para mim morre aqui. E sabe porquê Senhor militante Carlos Rocha? Porque trabalho, não tenho tempo nem interesse neste tipo de polémicas e sobretudo não gosto de andar na praça pública a discutir “os assuntos de casa”.

Foi essa felizmente a educação que os meus queridos pais me deram.

Subscrevo-me atenciosamente
Nuno F. T. Pereira, Vice-Presidente da
Comissão Política de Secção do PSD de Oliveira do Hospital

LEIA TAMBÉM

“Se quiseres ser bom Juiz ouve o que cada um diz”

Solicito a publicação de uma carta que recentemente foi dirigida ao Sr. Presidente da Assembleia de Freguesia de Meruge.

Carta ao Director

Exmº Senhor Director do CBS: